FESTA VAI MARCAR PASSAGEM DE DATA HISTÓRICA DO SINDCT

Trajetória já tem um quarto de século

 

Fernanda Soares

A Constituição de 1988 reconheceu o direito dos servidores públicos de criarem seus sindicatos. No início de 1989 foi constituída a comissão pró-sindicato do INPE e CTA. Em 30 de agosto, em assembleia na sede da OAB, nascia o SindCT. Apesar de completar 25 anos em agosto de 2014, a história do SindCT começa anos antes de sua fundação: em 1985, com a criação da Comissão dos Funcionários do INPE, a Cofinpe. Na época a legislação ainda proibia a associação sindical para funcionários públicos e muitas categorias criavam associações, que terminavam por exercer um papel sindical e político de representação do funcionalismo.

 

Em 1988, após a promulgação da nova Constituição, os servidores públicos passaram a ter o direito de se organizar oficialmente em sindicatos. Os primeiros passos para a criação de um sindicato que representasse os servidores do DCTA e INPE já estavam dados. No início de 1989 foi constituída a comissão pró-sindicato, composta por Naoto Shitara, Fernando Morais Santos, José Fernando Sanches da Silva, Eduardo Tude, todos do INPE, e Ricardo Carmona, do DCTA.

 

Por fim, em 30 de agosto de 1989, durante uma assembleia na sede regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), nascia o SindCT. Nestes 25 anos de história, o SindCT sempre esteve engajado na luta por melhores condições de trabalho e salários para o servidor público federal da ciência e tecnologia, na valorização da carreira e na divulgação da importância da Ciência e Tecnologia Aeroespacial para o nosso país.

 

Em meio a tantas lutas, grandes conquistas e poucas derrotas, podemos avaliar um saldo bem positivo ao longo desses 25 anos e reservar um dia para essa comemoração especial, com uma grande festa comemorativa a ser realizada no Espaço Cassiano Ricardo, em São José dos Campos. O SindCT montou um esquema especial para a distribuição dos convites.

Compartilhe
Share this

testando