50 anos do homem no espaço

No dia 12 de abril comemoramos 50 anos da primeira viagem de um homem ao espaço.

Yuri Gagarin, aos 27 anos, realizou a viagem com êxito a bordo da nave Vostok 1, lançada do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, na extinta URSS.

O russo ficou cerca de 110 minutos em órbita e proferiu a famosa frase “a Terra é azul”.

Gagarin era piloto militar graduado pela escola de Saratov, em 1955.

Foi selecionado como cosmonauta em 1960.

Viajou pelo mundo para divulgar o programa espacial soviético, visitando inclusive o Brasil.

No Rio de Janeiro, visitou o Sindicato dos Aeroviários.

O voo da Vostok-1 foi totalmente automático.

O painel de controle estava travado e Gagarin tinha uma chave para assumir somente em caso de necessidade - o que não aconteceu, apesar de o módulo de equipamentos não ter se separado da cápsula ao fi nal da missão e provocar uma situação crítica ao queimar na reeentrada na atmosfera terrestre.

A Vostok-1 foi precedida por dois voos não tripulados conhecidos como Korabl-Sputnik-4 e Korabl-Sputnik-5, que usaram a nave Vostok para testes.

Ao enviar o primeiro homem ao espaço, os soviéticos confirmaram seu pioneirismo no setor: lançaram o primeiro satélite artificial em 1957, o Sputinik, e, no mesmo ano, colocaram em órbita o primeiro ser vivo: a cadela Laika.

A corrida espacial se converteu no símbolo da batalha entre Estados Unidos e União Soviética, durante a Guerra Fria.

Compartilhe
Share this

testando