Márcio Sonnewend e a paixão que o transformou em escritor

APOSENTADO DO INPE DEDICA-SE À LITERATURA AUTOMOBILÍSTICA

Márcio Sonnewend e a paixão que o transformou em escritor

Fernanda Soares

Quinze anos depois de deixar a ativa, o desenhista projetista dedica-se à literatura especializada em veículos automotores, atividade em que enveredou por mera curiosidade dos sobrinhos Foi após uma conversa com seus sobrinhos que Marcio Antonio Sonnewend começou a pesquisar carros. Durante o bate-papo, Marcio percebeu que os meninos pouco conheciam sobre automóveis esportivos fabricados no Brasil. Decidiu, então, fazer uma pesquisa e criar um catálogo de carros.

A pesquisa foi se aprofundando e o que se destinava apenas a satisfazer a curiosidade das crianças terminou por se transformar em um livro digital, ou e-book. Primeira obra de Marcio, Esportivos Brasileiros reúne 35 esportivos fora de linha. O livro traz a ficha técnica dos automóveis, as principais características, uma pequena história de cada carro e muitas fotos. O trabalho durou aproximadamente três anos e é o terceiro livro com mais downloads do site elivros.gratis.net, registrando mais de 120 mil acessos.

Marcio conta que os carros esportivos eram muito caros e não havia muita opção no Brasil para os interessados. A solução encontrada pelos brasileiros foi a produção, quase artesanal, dos esportivos. “Quando eu era garoto, um esportivo era um sonho de carro”, conta. Após a publicação do seu primeiro livro digital, ele passou a receber convites para escrever artigos para sites e blogues especializados em automóveis. Sua aposentadoria também proporcionou mais tempo para viagens a feiras automobilísticas, que lhe permitem ampliar o conhecimento do assunto.

O gosto pelos carros, “turbinado” pelo tempo livre, deu lugar a quatro novos projetos literários. O primeiro, já publicado pela Editora Alaúde, conta a história do lendário Jeep fabricado pela Willys. “Eu ia escrever sobre todos os jeeps, como fiz com os esportivos, mas a história do Willys foi tão interessante que me apaixonei”. Este segundo livro foi concluído após um ano de trabalho, dedicando à obra seis horas diárias. O livro Clássicos do Brasil - Jeep pertence a uma coleção com 15 títulos diferentes e está a venda nas livrarias de todo o país. Sobre os outros três projetos, Marcio mantém o mistério: “Ainda estou na fase de pesquisa e estudo”, despista ele.

O LIVRO DE MARCIO...

Clássicos do Brasil - Jeep “Em 1940, às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o exército dos Estados Unidos convidou os maiores fabricantes de automóveis do país a desenvolver um veículo ágil, versátil e capaz de enfrentar qualquer tipo de terreno. Assim surgiu o Willys MB, que depois da guerra alcançou fama mundial e foi adaptado para o uso no dia a dia, sendo rebatizado de Jeep Willys em 1950”, explicam os editores. “No Brasil, o veículo começou a ser produzido em 1954, contribuindo de forma pioneira para o desenvolvimento da indústria automobilística nacional”. O autor relata os bastidores da criação dos primeiros protótipos e muitas curiosidades sobre o modelo.

... E O E-BOOK

Esportivos Brasileiros O objetivo principal da obra é “apresentar as novas gerações dos carros esportivos que foram produzidos no Brasil” entre as décadas de 1970 e 1990, na forma de um catálogo detalhado destes esportivos. “O livro é um álbum para folhear com prazer, composto de informações técnicas básicas e um breve histórico acompanhado de fotos”, e está disponível para download gratuito em http:// goo.gl/IzFK9Y.

 

 

Compartilhe
Share this

testando