C&T lança campanha em Brasília

CARREIRA de C&T: prioridade é abertura de concursos
C&T lança campanha em Brasília

Servidores da carreira de Ciência e Tecnologia estiveram em Brasília para o lançamento da campanha 2013. Este ano, a campanha visa à valorização da carreira e dos institutos de pesquisas.
Por Fernanda Soares

A manifestação dos servidores ocorreu no dia 20 de março, com um ato em frente ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG.

Caravanas de todo país estiveram presentes no ato. Os dirigentes sindicais lembraram que a ministra Miriam Belchior (MPOG) não recebeu o Fórum de C&T em nenhuma negociação com o governo, criticando esta atitude.

Ivanil Elisiário Barbosa, presidente do SindCT, explicou que a campanha deste ano se dará em torno da valorização da carreira, devido ao acordo assinado com o governo em 2012, com reajuste salarial previsto para até janeiro de 2015.

Na questão salarial, apenas os pontos que ficaram pendentes no último acordo entraram em pauta. O principal é a incorporação da GDACT ao vencimento básico, pois a carreira não reconhece essa gratificação como produtivista, mas sim como um reajuste diferenciado que foi concedido em 2000.

A Campanha de Valorização da Carreira de C&T visa à reposição de pessoal, através de abertura de concursos públicos e investimentos nos institutos de pesquisa.

O desmonte que os institutos vêm enfrentando e a redução do quadro de pessoal nas últimas duas décadas, colocam estas instituições num cenário assustador, diz Ivanil. “A situação é alarmante, muitos projetos já estão em risco de perecer. Servidores não têm como repassar o conhecimento adquirido ao longo dos anos.”

Jorge Lobato, da Assinpa, comentou que nos próximos três anos o INPE irá perder um terço do quadro de funcionários. O diretor da Ascapes, Ítalo Alves, mencionou que o governo aprova concurso para diversas carreiras, mas a C&T tem um “buraco” que só aumenta.

O Fórum de C&T fez uma análise do quadro de pessoal dos institutos da carreira e verificou que, nos próximos cinco anos, o quadro se reduzirá novamente pela metade, fruto da ausência de uma política de reposição de pessoal.

No final da manhã, os manifestantes dirigiram-se para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI. Representantes do Fórum de C&T foram recebidos pelo ministro Raupp, que considerou muito interessante o mote da campanha deste ano.

Raupp comprometeu-se a emitir um Aviso Ministerial em apoio à Campanha de Valorização da Carreira de Ciência e Tecnologia.

O Aviso foi emitido no dia 16 de abril e está disponível para visualização no site do SindCT: www.sindct.org.br.

Uma caminhada até o Palácio do Planalto foi agendada para o horário do almoço, mas a chuva forte obrigou o cancelamento.

Os servidores passaram a tarde reunidos em assembleia, no auditório do MCTI, discutindo os próximos passos da campanha.

Compartilhe
Share this

testando